TEROS 11 – Umidade e Temperatura

TEROS 11 sensor de umidade e temperatura do solo

Você precisa de longevidade do sensor

O solo pode ser altamente variável no espaço, exigindo inúmeras medições e quantias frustrantes de seus investimentos em pesquisa. Sem mencionar o custo extra e os problemas de substituição de sensores, se você precisar de dados a longo prazo. Torne as redes de grandes sensores mais simples, duradouras e mais acessíveis com o TEROS 11, sensor de temperatura e umidade do solo.

Com você a longo prazo – garantido

O TEROS 11 facilita sua vida com um grande volume de influência, variabilidade reduzida de sensor para sensor e uma forma quase à prova de balas – que dura até 10 anos em campo. Essas inovações, juntamente com a nossa bem publicada tecnologia de capacitância, um padrão de verificação da precisão e uma ferramenta de instalação rápida, combinaram-se para gerar nosso sensor de umidade do solo mais preciso, fácil de usar, altamente durável e ainda econômico. 

TEROS 11 sensor de umidade e temperatura no campo

Tecnologia lendária – desempenho duradouro

Apoiado por mais de 20 anos de pesquisa de umidade do solo, o TEROS 11 combina o circuito de marca registrada METER de 70 MHz com um preenchimento de epóxi extremamente robusto e agulhas de aço inoxidável afiadas e firmemente fixadas que deslizam facilmente no solo e são resistentes a sais, para que você possa se preocupar menos com a deterioração do sensor. O consumo de energia muito baixo e a alta resolução proporcionam maior precisão por um longo período de tempo.  

Sensor pequeno permite que você pense grande

O TEROS 11 oferece o melhor volume de influência para o tamanho do sensor no mercado, para que você seja menos suscetível a erros de variabilidade do solo. Otimizamos o circuito neste sensor de 9,4 cm para fornecer um volume incrível de influência de um litro (contra os 200 mL típicos para a maioria dos sensores). A maioria dos sensores de solo que medem esse volume são de 20 cm ou mais, causando dores de cabeça na instalação.

Melhor precisão – verificada

O TEROS 11 utiliza um procedimento de calibração completamente novo que maximiza a precisão e minimiza a variabilidade de sensor para sensor, mantendo o custo razoável. Assim, você pode ter certeza de que todos os sensores instalados serão lidos exatamente como o próximo. Ao contrário de outros sensores no mercado que especificam uma precisão CVA ±1,0% não verificável, o TEROS 11 foi rigorosamente testado por nossos físicos de solo em uma gama desafiadora de tipos de solo e níveis de CE, para que você possa ter certeza da precisão dos seus dados.

Além disso, a repetibilidade do sensor TEROS pode ser verificada com um padrão de verificação de precisão. Nenhum outro sensor de umidade do solo tem essa capacidade. Basta deslizar o clipe de verificação para um sensor e conectá-lo a um datalogger. Se estiver dentro da faixa certa, seu sensor está pronto.

Conheça toda a nossa linha de sensores de umidade.

Webinar: Fundamentos e aplicações da umidade do solo

Volume de influência do TEROS 11

Principais Características:

  • Aumento do volume de influência (1010 mL)
  • Fácil instalação com a ferramenta própria (minimiza os bolsões de ar para leituras mais limpas)
  • Sensor confiável e de longa duração
  • Variabilidade reduzida de sensor para sensor
  • Verifique a instalação ou solucione problemas com o leitor ZSC
  • A repetibilidade pode ser verificada com um padrão de verificação de precisão
  • Corpo epóxi robusto para durar em condições extremas de campo
  • Minimiza efeitos de salinidade e textura usando a tecnologia de capacitância de frequência de 70 MHz
  • Agulhas de aço cortam o solo para melhor contato com o sensor
  • Comunicação SDI-12 fácil de usar para dataloggers de outras marcas
  • Núcleo de ferrite elimina o ruído do cabo

Especificações Técnicas:

Especificações de Medição

 

Conteúdo volumétrico de água (CVA)

Amplitude:
Calibração solo mineral: 0,00-0,70 m3/m3
Calibração meios hidropônicos: 0,0-1,0 m3/m3
Permissividade dielétrica aparente (εa): 1 (ar) a 80 (água)

NOTA: O intervalo de CVA é dependente do meio em que o sensor está calibrado. Uma calibração personalizada acomodará os intervalos necessários para a maioria dos substratos.

Resolução:
0,001 m3/m3

Precisão: Calibração genérica: ±0,03 m3/m3  típica em solos minerais com condutividade elétrica da solução <8 dS/m
Calibração específica do meio: ±0,01–0,02 m3/m3 em qualquer meio poroso
Permissividade dielétrica aparente (ε a ): 1–40 (faixa do solo), ±1 εa (sem unidade) 40-80, 15% da medição

Frequência de medição dielétrica

70 MHz

Temperatura

Faixa: -40 a 60 °C
Resolução: 0,1 °C
Precisão: ±1 °C de -40 a 0 °C
±0,5 °C de 0 a +60 °C

NOTA: A medição de temperatura, para sensores aplicáveis, pode não ser precisa se o sensor não estiver totalmente imerso no meio de interesse, devido ao tempo de equilíbrio mais longo.

Especificações de Comunicação

 

Saída

Protocolo de comunicação serial DDI ou SDI-12

Compatibilidade com dataloggers

Dataloggers METER ZL6, EM60 e Em50 ou qualquer sistema de aquisição de dados capaz de alimentação de 4,0 a 15 VCC e comunicação serial ou SDI-12

Especificações Físicas

 

Dimensões

Comprimento: 9,4 cm
Largura: 2,4 cm
Altura: 7,5 cm

Comprimento da sonda

5,5 cm

Comprimento do cabo

5 m (padrão)
75 m (comprimento máximo do cabo personalizado)

NOTA: Entre em contato com o suporte ao cliente se for necessário um comprimento de cabo não padrão.

Tipos de conectores

Conector stereo de 3,5 mm ou fios expostos

Características Elétricas e de Tempo

 

Tensão de alimentação (VCC) para GND

Mínimo: 4,0 VCC
Típico: NA
Máximo: 15,0 VDC

Tensão de entrada digital (lógica alta)

Mínimo: 2,8 V
Típico: 3,6 V
Máximo: 3,9 V

Tensão de entrada digital (lógica baixa)

Mínimo: –0,3 V
Típico: 0,0 V
Máximo: 0,8 V

Tensão de saída digital (lógica alta)

Mínimo: NA
Típico: 3,6 V
Máximo: NA

Dreno de corrente (durante medição de 25 ms)

Mínimo: 3,0 mA
Típico: 3,6 mA
Máximo: 16,0 mA

Dreno de corrente (inativo)

Mínimo: NA
Típico: 0,03 mA
Máximo: NA

Faixa de temperatura operacional

Mínimo –40 °C
Típico: NA
Máximo +60 °C

NOTA: Os sensores podem ser usados em temperaturas mais altas sob certas condições; entre em contato com o Suporte ao cliente para obter assistência.

Tempo de inicialização (serial DDI)

Mínimo: 80 ms
Típico: NA
Máximo: 100 ms

Tempo de inicialização (SDI-12)

Mínimo: NA
Típico: 245 ms
Máximo: NA

Duração da medição

Mínimo: 25 ms
Típico: NA
Máximo: 150 ms

Conformidade

Fabricado sob a ISO 9001: 2015
EM ISO/IEC 17050: 2010 (CE Mark) 2014/30/UE e
2011/65/EU EN61326-1: 2013 e EN55022/CISPR 22

Hashtags: gerenciamento de irrigação, agricultura inteligente, ciência do solo, manejo de irrigação, física do solo, água disponível para a planta, capacidade de campo, ponto de murcha permanente, conteúdo volumétrico de água, conteúdo gravimétrico de água, decagon devices 5TM

SOLICITE UM ORÇAMENTO