TEROS 12 – Umidade, Temp. e CE

TEROS 12 sensor de umidade, temperatura e condutividade elétrica do solo

Sensor de umidade do solo – reinventado

No campo, a precisão da umidade do solo pode fazer ou destruir um estudo, mas a precisão é mais do que apenas o sensor. Trata-se de eliminar qualquer coisa que confunda os dados. É por isso que reinventamos completamente não apenas nosso sensor, mas toda a experiência do sensor de umidade do solo. Apresentando o TEROS 12.

Ultrapassa os limites tradicionais

Por 20 anos, nossos especialistas trabalham para obter as especificações de precisão mais altas possíveis. Agora, voltamos nossa atenção para algo em que ninguém mais estava pensando – a consistência de todo o conjunto de dados. O TEROS 12 vai além de outros sensores para eliminar barreiras à boa precisão, como inconsistência na instalação, variabilidade entre sensores e verificação do sensor. Nenhum outro sensor de umidade do solo no mercado trata dessas questões. O TEROS 12 combina instalação consistente e sem falhas, construção extremamente robusta, variabilidade mínima de sensor para sensor, um grande volume de influência e registro de dados avançado para oferecer o melhor desempenho, precisão, facilidade de uso e confiabilidade a um preço acessível.

TEROS 12 sensor de umidade, temperatura e condutividade elétrica do solo

Variabilidade sensor a sensor – resolvida

A precisão depende da consistência de um sensor. E se você estiver calibrando todos os sensores individualmente, poderão ocorrer erros, especialmente quando você estiver instalando centenas de sensores. O TEROS 12 usa um procedimento de calibração completamente novo que maximiza a precisão e minimiza a variabilidade de sensor para sensor. Assim, você pode ter certeza de que todos os sensores instalados serão lidos exatamente como o próximo.

Desempenho do sensor – maximizado

Caracterizar com precisão a variabilidade da umidade do solo exige um grande volume de influência. O TEROS 12 oferece o melhor volume de influência para o tamanho do sensor no mercado. Otimizamos o circuito neste sensor de 9,4 cm para fornecer um volume incrível de influência de um litro (contra os 200 mL típicos para a maioria dos sensores). A maioria dos sensores de solo que medem esse volume são de 20 cm ou mais, causando dificuldades na instalação. Além disso, posicionamos um sensor de temperatura perfeitamente dentro da agulha do meio, para que as agulhas sejam robustas, mas extremamente sensíveis à mudança de temperatura do solo. Essas agulhas de aço inoxidável de alta qualidade deslizam facilmente em solos endurecidos, e um preenchimento de epóxi durável significa que o sensor dura até 10 anos em campo.

Coleta de dados contínua – masterizada

A coleta de dados fácil e confiável faz parte da experiência TEROS 12. Combine o TEROS 12 com o ZL6, onde todos os dados são conectados e entregues através da nuvem. Então, tudo o que você precisa fazer é sentar e deixar os dados fluírem.

Por que não ter tudo?

O TEROS 12 vai além de apenas otimizar a leitura para melhorar a precisão de todo o conjunto de dados. Leva durabilidade e facilidade de uso a um nível totalmente novo. O TEROS 12 é mais do que apenas um sensor. Combina instalação consistente e sem falhas, variabilidade mínima de sensor para sensor, um grande volume de influência, construção robusta e registro de dados avançado para oferecer o mais alto desempenho, precisão e confiabilidade – tudo a um preço acessível.

Com todas essas vantagens, não é de se admirar que o TEROS 12 seja agora nossa recomendação para todas as aplicações.

Não precisa de tudo? Conheça os outros sensores da linha TEROS: TEROS 11, para umidade e temperatura e TEROS 10, somente para umidade.

Quer saber como combinar leituras de umidade in situ com de satélite para aplicar no gerenciamento de irrigação? Assista nosso seminário aqui.

TEROS 12 sensor de umidade, temperatura e condutividade elétrica do solo

Principais Características:

  • Aumento do volume de influência (1010 mL)
  • Método rápido de condutividade elétrica
  • Verifique a instalação ou solucione problemas com o ZSC, leitor com Bluetooth
  • Termistor incorporado na agulha central
  • A repetibilidade pode ser verificada com um padrão de verificação de precisão
  • Corpo epóxi robusto para condições de campo difíceis
  • Minimiza efeitos de salinidade e textura usando a tecnologia de capacitância de frequência de 70 MHz
  • Agulhas de aço cortam o solo para melhor contato com o sensor do solo
  • Comunicação SDI-12 fácil de usar para dataloggers de outras marcas
  • Núcleo de ferrite elimina o ruído do cabo

Especificações Técnicas:

Especificações  de Medição 
Conteúdo Volumétrico de Água (CVA)

Amplitude:

Calibração solo mineral: 0,00-0,70 m3/m3
Meios hidropônicos: 0,0-1,0 m3/m3
Permissividade dielétrica aparente(εa ): 1 (ar) a 80 (água)

NOTA: O intervalo de CVA é dependente do meio em que o sensor está calibrado. Uma calibração personalizada acomodará os intervalos necessários para a maioria dos substratos.

Resolução:
0,001 m3/m3
Precisão:
Calibração genérica: ±0,03 m3/m3 (±3,00% CVA) típica em solos minerais com solução CE <8 dS / m
Calibração específica do meio: ±0,01–0,02 m3/m3(±1–2% CVA) em qualquer meio poroso. Permissividade
dielétrica aparente (εa ): 1–40 (faixa do solo), ±1 εa (sem unidade) 40–80, 15% da medição

Frequência de medição dielétrica

70 MHz

Temperatura

Amplitude: −40 a 60 °C
Resolução: 0,1 °C
Precisão: ± 0,5 °C de −40 a 0 °C
±0,3 °C de 0 a +60 °C

Condutividade elétrica geral (ECb )

Amplitude: 0 a 20 dS/m (geral)
Resolução: 0,001 dS/m
Precisão: +/- (5% +0,01 dS/m) de 0 a 10 dS/m
+/- 8% de 10 a 20 dS/m

  
Especificações de Comunicação 
Saída

Protocolo de comunicação serial DDI ou SDI-12

Compatibilidade com dataloggers

Dataloggers METER ZL6, EM60 e Em50 ou qualquer sistema de aquisição de dados capaz de alimentação de 4,0 a 15 VDC e comunicação serial ou SDI-12 

Especificações Físicas 
Dimensões

Comprimento: 9,4 cm
Largura: 2,4 cm
Altura: 7,5 cm

Comprimento da agulha

5,5 cm

Comprimento do cabo

5 m (padrão)
75 m (comprimento máximo do cabo personalizado)

NOTA: Entre em contato com o Suporte ao cliente se for necessário um comprimento de cabo não padrão.

Tipos de conectores

Conector stereo de 3,5 mm ou fios expostos

Características Elétricas e de Tempo 
Tensão de alimentação (VCC) para GND

Mínimo: 4,0 VCC
Típico: NA
Máximo: 15,0 VCC

Tensão de entrada digital (lógica alta)

Mínimo: 2,8 V
Típico: 3,6 V
Máximo: 3,9 V

Tensão de entrada digital (lógica baixa)

Mínimo: –0,3 V
Típico: 0,0 V
Máximo: 0,8 V

Tensão de saída digital (lógica alta)

Mínimo: NA
Típico 3,6 V
Máximo: NA

Taxa de giro da linha de energia

Mínimo: 1,0 V/ms
Típico: NA
Máximo: NA

Dreno de corrente (durante medição de 25 ms)

Mínimo: 3,0 mA
Típico: 3,6 mA
Máximo: 16,0 mA

Dreno de corrente (inativo)

Mínimo: NA
Típico: 0,03 mA
Máximo: NA

Faixa de temperatura operacional

Mínimo: –40 °C
Típico: NA
Máximo: +60 °C

NOTA: Os sensores podem ser usados em temperaturas mais altas sob certas condições; Entre em contato com o Suporte ao cliente para obter assistência.

Tempo de inicialização (serial DDI)

Mínimo: 80 ms
Típico: NA
Máximo: 100 ms

Tempo de inicialização (SDI-12)

Mínimo: NA
Típico: 245 ms
Máximo: NA

Duração da medição

Mínimo: 25 ms
Típico: NA
Máximo: 150 ms

Conformidade

Fabricado sob as normas ISO 9001: 2015
EM ISO/IEC 17050: 2010 (CE Mark) 2014/30/UE e
2011/65/EU EN61326-1: 2013 e EN55022/CISPR 22

Hashtags: gerenciamento de irrigação, agricultura inteligente, ciência do solo, manejo de irrigação, física do solo, água disponível para a planta, capacidade de campo, ponto de murcha permanente, conteúdo volumétrico de água, conteúdo gravimétrico de água, decagon devices GS3 5TE

SOLICITE UM ORÇAMENTO